Saiba o que o portador de diabetes pode comer para treinar

0
276
Alimentação pré e pós treino, com orientação da nutricionista do Diabetes, eu cuido.
Os portadores de diabetes precisam estar ainda mais atentos à alimentação feita tanto antes, quanto depois do treino.

Informe Publicitário

O portador de diabetes pode comer muito bem e da forma correta, tanto antes, quanto depois de concluir cada treino.

Para escolher o que comer, ele deve levar em consideração o tipo de atividade física, a duração do treinamento, a periodicidade e vários detalhes dessa rotina.

Tudo isso é muito pessoal e a melhor decisão é passar por uma avaliação clínica e nutricional. Só assim dá para definir um cardápio bem específico.

Mas também é possível seguir orientações gerais, sem contra indicação, que garantam o bom controle do índice glicêmico durante e após os exercícios.

Descubra o que você pode fazer agora mesmo para treinar com tranquilidade.

Lembre-se de que nas sugestões da lista abaixo não existe nenhuma referência quanto às medidas das porções a serem consumidas, nem ao tempo ideal entre a alimentação e o início da atividade.

  • Batata doce cozida: fonte de carboidrato complexo, ela apresenta baixo índice glicêmico, ou seja, favorece uma liberação de glicose e consequentemente energia, de maneira mais gradativa;
  • Pão integral: fonte de carboidrato complexo, também uma boa fonte de energia, com bom teor de fibras;
  • Ovos: uma boa fonte de proteínas, para reparar a massa muscular e favorecer a liberação gradativa de glicose na corrente sanguínea;
  • Frutas como a banana, a manga e o abacate: além de serem muito ricas em nutrientes e fatores antioxidantes, são boas fontes de carboidrato (frutose), reduzindo o risco de hipoglicemia durante a prática esportiva.

Cada pessoa tem um objetivo quando começa a praticar esportes: emagrecer, ganhar massa muscular, melhorar o desempenho na atividade escolhida. E é justamente essa busca que vai fazer com que o portador de diabetes se mantenha saudável.

Alimentação é sempre crucial ao portador de diabetes

O portador de diabetes pode comer bem antes do treino e uma forma disso é fazer um lanche contendo duas fatias de pão integral e um ovo mexido. A fruta também é bem-vinda nessa ocasião.

Evite comer algo que seja de baixa digestão, como por exemplo, queijos, leites, iogurtes, embutidos e pães com creme.

Em resumo, a refeição depois do treino deve ter como foco tanto a recuperação, quanto a preparação muscular. Busque equilibrar alimentos com carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais.

Sendo assim, anote aí o cardápio:

Arroz, feijão, verdura e carne magra, de preferência branca. Também pode ser uma crepioca, que é a tapioca com ovos e farelo de aveia, recheada com atum.

Quem preferir, pode fazer simplesmente uma omelete com vegetais. Em todos as opções, o suco natural ou salada de frutas (servida com granola 0% açúcar) são ótimos acompanhamentos.

Nunca é demais informar que a prática regular de exercícios é super importante a qualquer portador de diabetes. Ela deve vir acompanhada de uma alimentação tão balanceada, quanto nutritiva.

Essas indicações foram apenas algumas dicas, para que o paciente não fique sem nenhuma orientação. O passo mais importante, sem dúvida, é conversar com o médico e o nutricionista, tendo em vista descobrir qual é o melhor cardápio para você.

O site Diabetes, eu cuido tem várias informações que com certeza esclarecem da melhor forma possível como o portador de diabetes deve agir no dia a dia para se manter saudável.

 

Texto feito com base em informações enviadas por Juliana Oliveira, nutricionista clínica e educadora em diabetes. Ela faz parte da equipe do site Diabetes, eu cuido.