A internet 5G vai mudar a atuação do setor financeiro

0
273
internet 5G vai mudar a forma de os bancos atuarem no mercado.
Os bancos, com a internet 5G, vão começar a oferecer novos serviços ao cliente e já é preciso se adaptar às mudanças.

Informe Publicitário

A tecnologia da internet 5G deve gerar novos serviços e você vai precisar se adaptar ao que vem por aí.

Os bancos vão aumentar as alternativas de contato a distância e o ambiente nas agências passará por transformações.

Você precisa entender o que está acontecendo agora para, amanhã, não ser atropelado pelas novidades.

Existe a expectativa de a internet 5G estar disponível no Brasil até o final do ano, mas veja desde já quais são as possibilidades que surgem na sua vida.

O banco vai ficar mais virtual e você, sempre na web

A internet 5G vai trazer muitas mudanças na forma de os bancos trabalharem e isso tem tudo a ver com o seu dia a dia. As operações financeiras serão cada vez mais automatizadas. Também será comum fazer atendimento a distância, inclusive por meio de chamadas de vídeo, para não precisar ir à agência.

Com a chegada da rede 5G, o mundo vai passar por transformações ainda mais rápidas do que as ocorridas até agora. Veja como isso deve influenciar várias áreas. Com o setor financeiro isso não será diferente, porque ele tem muito a evoluir na maneira de prestar serviços e a tecnologia será uma aliada.

Diversas fintechs chegaram para ficar. O próprio beOne, por meio do seu blog, está colaborando com o objetivo de mostrar às pessoas como é possível lidar melhor com essas novidades no cotidiano. Até quem é leigo em informática já se acostumou a mexer no aplicativo do beOne porque, de fato, não tem segredo.

Aquela história de ir à agência, pegar fila e perder muito tempo, vai ficar cada vez mais no passado. Além de tudo já ser resolvido por meio do aplicativo, a tendência agora é a de que as chamadas de vídeo fiquem comuns também nessa forma de contato. Elas representam apenas o início da mudança.

Imagine que você esteja na sua casa (ou na empresa) e precise falar com o gerente. É só ligar para ele usando um celular 5G, que a imagem do responsável pela sua conta logo vai aparecer na sua sala. A Vodafone, uma empresa inglesa de telefonia móvel, mostrou como isso é possível.

Os próximos dez anos trarão mudanças que ainda nem imaginamos. Para acompanhá-las, é preciso dar os primeiros passos agora. Então, aperte o cinto e descubra pelo menos o que já está previsto para mudar.

Será mais comum acessar internet 5G usando acessórios

A internet 5G vai facilitar o uso da internet em vários acessórios.
Os aparelhos de uso comum no dia a dia estarão conectados à internet 5G e isso trará várias vantagens para o usuário.

Se usar alguns aparelhos mais modernos já é novidade, espere só até você começar a vestir tecnologia. Isso não apenas é bem-vindo, mas também está se tornando bem comum no dia a dia de várias pessoas no Brasil e no mundo.

Não se assuste. Vou explicar o que é isso.

Trata-se da possibilidade de ter qualquer aparelho equipado com tecnologia e ao mesmo tempo viável para conectá-lo ao corpo. A ideia é fazer com que a pessoa possa usá-lo com muita facilidade sempre que precisar resolver algum problema.

Os aparelhos vestíveis mais conhecidos são os seguintes:

  • Óculos de realidade aumentada
  • Relógios inteligentes
  • Calçados
  • Pulseiras.

Os relógios inteligentes ficam conectados à internet, têm posicionamento por GPS e pegam informações sobre o mercado financeiro, por exemplo. O acesso para usá-los é liberado por meio do reconhecimento facial ou pela voz.

Como todas as informações estarão na nuvem, com a internet 5G, as instituições financeiras poderão usar esses mesmos dados para aumentar a segurança dos clientes. Dessa forma, além da senha, haverá outros níveis de identificação.

Assim sendo, a autenticação biométrica, ou seja, aquela feita por intermédio de características humanas, entre elas, da digital, da face ou da íris, será usada com frequência. Ela também facilita inserir vários níveis de autenticação, com o objetivo de elevar o nível de segurança ao acesso às contas do banco.

Vestir tecnologia significa usar acessórios conectados à internet. Isso é feito no intuito de aproveitar toda a simplicidade do acesso, para facilitar e agilizar a vida. Muitos desses recursos já são realidade e você também vai usá-los, mais rápido do que imagina.

Mais do que nunca, o serviço bancário será sob medida

Com a chegada da internet 5G, os clientes receberão propostas personalizadas.
A internet 5G vai tornar ainda mais fácil descobrir os hábitos e as preferências do cliente; o serviço será personalizado.

Sabe quando você está assistindo a um vídeo no YouTube e começa certa propaganda de algo do seu interesse? A escolha para esse anúncio rodar no seu celular ou computador é baseada no próprio histórico de navegação. Quer um exemplo?

Dificilmente, no celular de um homem vai aparecer propaganda de bolsas ou acessórios femininos. Da mesma forma, o smartphone de uma mulher não vai apresentar anúncios de ferramentas ou acessórios para carros. É simples assim.

Toda essa estratégia de divulgação é personalizada, ou seja, a propaganda é indicada só para o dono do celular, porque tem que atender os desejos dele. Toda essa abordagem feita a partir da inteligência artificial vai chegar ao sistema financeiro.

Em um futuro não tão distante, os bancos vão oferecer serviços baseados não apenas na experiência do cliente com o banco, mas também na forma como ele movimenta o dinheiro e no seu comportamento no dia a dia. As propostas serão super segmentadas.

Há mais novidades.

Como os bancos físicos nunca vão deixar de existir, mesmo que reduzam muito o número de agências, também há o sonho de criar os robôs de atendimento. Eles já existem no contato telefônico e são conhecidos como chatbots. Isso é novidade para você?

Chatbot é a inteligência artificial que simula conversas como se fosse um ser humano e responde todas as perguntas das pessoas. Veja como a Pinacoteca já faz isso, quando coloca os “quadros para conversar” com as pessoas que visitam esse museu na cidade de São Paulo.

Quem sabe, um dia, quando você for ao banco, nem vai precisar esperar na fila do atendimento, pois vários robôs estarão lá o tempo todo para tirar suas dúvidas.

A internet 5G já começou a funcionar em vários países

O Brasil deve começar a usar a internet 5G em 2021, mas vários países já estão vendo quais são as vantagens de ter uma navegação muito mais rápida.

A Coreia do Sul foi o primeiro país a adotar essa tecnologia. Estados Unidos, Reino Unido, Suécia, Japão, China, Arábia Saudita, Canadá e Alemanha, são mais exemplos de quem implantou a novidade.

A velocidade dessa rede é muito maior que a 4G e bastam alguns segundos para baixar um filme de duas horas.

Todos os benefícios trazidos pelo 5G vão promover mudanças muito rápidas na sociedade. É só ver o quanto o mundo mudou nos últimos 20 anos.

Mas sempre é importante se lembrar de que as pesquisas não param e a China já está desenvolvendo a tecnologia 6G.

Prova disso está no fato de que ela enviou para o espaço, em novembro de 2020, um satélite de teste para a internet 6G.

Japão e Coreia do Sul também estão na corrida para ter essa inovação e os avanços nesse segmento continuam firmes.

Isso significa que em dez anos pode haver outro salto e as transformações virão em ritmo cada vez mais frenético.

Além do sistema financeiro, as áreas de medicina, transporte, segurança, educação e entretenimento vão passar por muitas transformações com a internet 5G.

Enquanto ela não é instalada no Brasil, cabe a nós o esforço para se adaptar ao que está disponível no dia a dia e, assim, facilitar a própria vida.